Mágica Mágica de Jane Austen

Eu adoro rir, MAS ESPERO Nunca ridicularizar o que é sábio ou bom.Folhas e disparates, CAPRICHOS e incoerências desviam-me, EU possuo, e rio-me DelEs sempre que posso.Mas estes, suponho, são precisamente o que você está sem.

Elizabeth Bennet.

Orgulho e Preconceito

Jennifer Ehle Como Elizabeth Bennet Há Momentos EM que penso EM Jane Austen e SUA personagem Lizzie Bennet.Orgulho e PreconceitoSão Mais semelhantes do que se Pode pensar no início.Em cartas para SUA irmã Cassandra, Jane revela exemplos de inteligência cáustica EM observações e observações (destinadas a provocar alguns risos brilhantes) que são reminiscentes de Miss Bennet, e Quase totalmente desagradáveis.Jane não era apenas UMA inteligência familiar, no entanto, MAS subscrita a ser O "Sabedoria familiar"--a justificação por trás Das observações de língua Na bochecha que todos nós amamos no trabalho de Austen.Esta justificação, creio, encontrou a SUA expressão no Sr. Bennet e Na Lizzie, MAS EU adianto-me.Não é surpreendente que Jane não gostava de alguns de seus conhecidos, não é?Mas o Grau EM que ELA é antipatia NOS FAZ pensar se FOI só para rir, Ou se SUAS antipatias foram ainda Mais profundas UMA conjectura surpreendente para alguém que mostrou Tanta profundidade de compreensão Da fragilidade human a EM seus romances.Deixe-me compartilhar alguns DOS pequenos Golpes que ELA DEU AOS outros, o que, quer dizer, Na natureza ou não, FAZ rir.Jane, sempre inteligente, é fabulosamente expressiva.
Lizzie Bond é aprendiz Da Srta. Small, então esperamos vê-la Capaz de estragar vestidos EM alguns anos.
 
Acho que Nunca lhe Disse que a Sra. Coulthard e a Anne, falecidas de Manydown, estão mortas e ambas morreram no berço.Não recuperamos a Mary com esta not ícia.
Mary era a cunhada de Jane, que estava esperando Na época.Sem dizer que FOI UMA gentileza, MAS o jeito que ELA Fala aqui é Definitivamente um "cutucar". Note que ELA não diz, "no t ícias tristes", ou "pobre Sra. Coulthard e Anne". Essa é a verdadeira Jane, Falando SEM Guarda para SUA irmã e não fazendo nenhum esforço para "soar legal" para ninguém.Ela provavelmente teria contado a notícia de forma BEM diferente a outros ouvidos.Mas este é o ponto: Dentro Da família de Jane, era esperado que alguém fosse um pouco, bem, cínico.A Palavra "cansado" Iria longe demais?Talvez.Jane Queria divertir SUA irmã EM SUAS cartas, e SEM dúvida Cassandra está balançando a cabeça com a gente, um Sorriso conhecido EM seus lábios Como ELA lê, MAS há UMA s érie Muito real de brilho não pentado no tratamento de Austen de algumas pessoas.Aqui está outro trecho:
Charles Powlett DEU UMA dança Na quinta-feira, para a Grande perturbação de todos OS seus vizinhos, é claro, que, você sabe, ter um interesse Mais vivo no estado de SUAS finanças, e viver Na esperança de que ele seja logo arruinado.
Neste caso, s ão OS vizinhos do Sr. Powlett que Jane Leva UMA facada, MAS deve ser notado que ELA FAZ is so com tanto sarcasmo que enfatizar SEU exagero.Ela está se divertindo enquanto escreve, e só se Pode imaginar todas as pequenas gemas e observações que as duas irmãs compartilharam quando estavam juntas Na sociedade, que não estão escritas.Muitas Das cartas de Jane foram destruídas depois de SUA Morte por parentes BEM intencionados, deixando-nos sem, talvez, centenas de citações suculentas que deveriam ter NOS horrorizado e NOS encantado.É UMA vergonha absoluta.Mas aqui estão mais:
Espero um Baile Muito estúpido, não haverá ninguém com quem dançar, ninguém com quem valha a Pena falar a não ser Catherine;POIs acredito que a Sra. Lefroy não estará lá;Lucy TEM que ir...
 
Não Quero que as pessoas sejam Muito agradáveis, porque me poupa o trabalho de gostar Muito delas.
Em outra ocasião Jane está escrevendo algumas notícias Muito bem-vindas sobre as futuras promoções dela e DOS dois irmãos de Cassandra que estão servindo Na Marinha: Ela começa com: "Eu tenho algumas notícias agradáveis para você que EU estou ansioso para comunicar,...." e, EM seguida, compartilhar a notícia.A próxima frase dela é tão...Ela diz: "Ali!Posso Agora terminar a minha Carta e IR me enforcar, POIs tenho certeza que não posso escrever NEM fazer Nada que não pareça insípido para você depois disso." Era importante para ELA ser divertida, informativa ou divertida, além de Simplesmente Manter Contato com SEU Amado irmão.Os Austens eram pessoas inteligentes, e bondade de caráter, embora esperada, não FOI enfatizada Ao Ponto de desencorajar tais pensamentos deliciosamente atrevidos.Até Certo ponto, este FOI um Reflexo DOS tempos, Como escrever cartas era considerado UMA arte, e com inteligência UMA virtude.Mas Jane não está tentando formar a Carta perfeita;Ela está escrevendo para a irmã com quem FOI íntima e honesta.Intimações Da influência familiar DOS Austen de atitudes s ão vistas Na família Bennet quando Lizzie está no estudo de SEU pai, e o Sr. Bennet está Muito entretido por UMA Carta que afirma que o Sr. Darcy está planejando oferecer para Elizabeth. "Você não está divertido?" Ele pergunta, esperando que SUA filha se junte a SUA apreciação do que ele acredita ser UMA desinformação ignorante.Ouça Atentamente SUAS próximas palavras: "Não é para isso que vivemos?" Ele pergunta, completamente a sério. "Rir DOS outros e, por nossa vez, ser ridicularizado também?" Lizzie acena com a cabeça fraca de acordo. Ela sempre concordou com isso no passado. Mas ELA não está Mais no estado de espírito para RIR Ou ser Motivo de riso.Esta propensão para RIR às custas de outros é tão arraigada que Quando o Sr. Darcy visita Lizzie (após o escândalo envolvendo Lydia e Wickham é famoso), ELA adivinha que ele VEIO "triunfar sobre ela." Nenhuma outra motivação Parece possível para ela, quando, de fato, o Sr. Darcy está lá para fazer qualquer coisa, mas.De Volta Ao Nosso autor.No final de UMA Carta para SUA irmã que ELA escreveu no Dia de Natal, 1798, Jane diz, "Você merece UMA Carta Mais longa do que esta;Mas é o MEU infeliz destino raramente tratar as pessoas tão BEM Como elas merecem...Deus te abençoe!" E ainda assim, Jane, nós te amamos Mesmo assim.

*****

Linore Rose Burkard é o autor de "Before the Season Ends", um romance de Regency que OS leitores adoram.Ela passou Muito tempo pesquisando o período enquanto escrevia SEU livro.Vindo logo Da Editora Da Casa Da Colheita: UMA Nova edição de Antes do FIM Da estação(Dec. 2008) seguido Da SUA sequência, A Casa EM Grosvenor Square.(Abril, 2009).Gostou Deste artigo?Navegar Nosso Loja de Livros